Decoração de Bolos com Pasta Americana: Tabela de Porções e Quantidade

Hoje, vou dividir com vocês duas tabelinhas que uso muito no dia a dia.

10603065_10204593877510752_581029326_nSão medidas aproximadas, nada super exato, mas perfeito para dar uma orientada na hora de calcular quanto de pasta americana será usada e como estimar a quantidade de porções de um bolo.

Sobre a quantidade de pasta americana, sempre vai variar bastante de acordo com a espessura da camada utilizada. Eu uso, em média, 3 a 4 milímetros.

Screen Shot 2014-08-13 at 1.50.54 PM   Screen Shot 2014-08-13 at 1.51.12 PMAcredito que essa dica super simples irá te ajudar bastante! =D

10589836_10204593876390724_663918894_n

 

 

Bolos Decorados para Casamento: Releitura da Técnica de Lambeth

10589044_10204494337422312_1817256021_n

Várias pessoas me escrevem diariamente interessadas em participar de cursos, aulas e workshops. Fico super feliz pelo interesse que vejo crescer todos os dias nessa área que amo tanto… No entanto, muitas pessoas não estão em SP – onde moro – e não conseguem participar de uma das minhas aulas. Justamente por isso fiquei bastante animada com o convite da EduK de ministrar um curso completamente online.

otavia

Nesse curso, que se inspira na tradicional técnica Lambeth, desenvolvida na Inglaterra, em uma releitura de bolos atuais, ensinarei três bolos que abrangerão desde os desenhos mais simples até os mais elaborados, todos desenvolvidos exclusivamente com o uso de glacê real e bicos de confeitar básicos. Neste sentido, é um curso que ensina uma técnica de extremo valor agregado com baixo custo de produção. Além disso, traz demonstrações passo a passo de todas as etapas, dicas de como marcar e criar desenhos e técnicas para acabamentos e finalizações.

otavia 02

O curso terá carga horária de 12 horas e pretende atender confeiteiros interessados em desenvolver técnicas e habilidades para a decoração de bolos, usando o bico de confeitar e o glacê real. O curso estará disponível de forma gratuita no site da EduK, porém, quem estiver disposto a investir uma pequena quantia, terá acesso a material exclusivo e poderá ver e rever o curso várias vezes!

10567505_10204494338022327_339105732_n

Quer se matricular? Então, acesse:

http://www.eduk.com.br/ao-vivo/1254-bolos-decorados-para-casamento-releitura-da-tecnica-de-lambeth?a=otavia-sommavilla

 

Livros mais amados! <3

10528081_10204337409059201_1782014196_nRecebi uma mensagem pedindo uma lista de livros preferidos e adorei a ideia. Foi difícil escolher os mais amados!

Há vários livros interessantes e importantíssimos para todos os profissionais, com técnicas e dicas ótimas, e poderia fazer uma lista enorme por tema. Mas aqui, coloquei aqueles que me inspiram sempre. São todos importados, a maioria em inglês, mas todos muito completos e didáticos, com fotos de passo-a-passo e detalhes. (Quem quiser comprar, recomendo procurar na amazon.com!)

O mais querido de todos é o “Cakewalk” da Margaret Braun. Meu exemplar está tão velhinho e usado que já perdeu a capa… Aproveitando, acabou de entrar no ar o site novo dela, e vale a pena conhecer. Ficou lindooooo: www.margaretbraun.com!

10474157_10204337409979224_1237450765_n

O livro tem de tudo um pouco: O processo criativo, técnicas bem explicadas, receitas que funcionam (os bolos são deliciosos!!!) e um jeito lindo de combinar cores que sempre encanta.

Pessoalmente, amo modelagem e duas autoras são super importantes na minha opinião: Debbie Brown e Maisie Parrish. No caso da Debbie, o “Enchanted Cakes for Children” é o meu preferido. Modelagens de efeito lindo e fáceis. O site dela tem várias coisas lindas: http://www.debbiebrownscakes.co.uk

A Maisie Parrish também tem vários livros, todos incríveis. Ela faz bonecos cheios de expressão, muito fofos! http://www.maisieparrish.com. O “Cakes with Character” é o eleito!

Falando em modelagem, têm mais dois livros que ando namorando muito:

10525096_10204337413739318_2022244057_n

“Magic Marzipan” do suíço Franz Ziegler (http://www.franzziegler.ch) traz uma modelagem super diferente, feita toda em marzipã. Olha este dinossauro que aparece na capa! <3 <3 <3

10543762_10204337417179404_1557586679_nE o “Animation in Sugar” do Carlos Lischetti, http://carloslischetti.blogspot.com.br, sobre o qual já falei aqui no blog.

Na foto lá de cima eles nem aparecem direito, mas eu amo os dois livros da Elisa Strauss, de Nova York (http://www.confetticakes.com). Ela já lançou o “Confetti Cakes” e o “Confetti Cakes for Kids”. Estes dois livros são muito lindos, com todos os tipos de dicas e técnicas e também tem receitas maravilhosas. Já testei várias e sempre deram certo! É perfeito para quem quer fazer bolos esculpidos, pois as instruções dela são completíssimas. Além dos bolos, há biscoitos e cupcakes que são um sucesso! ;)

Post Inspiração: Rachel Mount

10396520_10204013283516265_1505380811_n
Gente, vocês conhecem o trabalho lindo, inspirador e fora de série da Rachel Mount?
Vale a pena conhecer: www.rachelmount.com!
Ela tem uma historia muito legal: Aprendeu tudo sozinha testando técnicas, receitas, comprando livros e fazendo muitos bolos para amigos e família.
10419864_10204013284036278_572960497_n
Na minha opinião, é uma super artista e criadora de tendências. Super autêntica! Outro detalhe legal do trabalho dela é que até hoje, com mais de 20 anos de experiência, e fazendo bolos para celebridades mundo afora, ela trabalha sozinha, esculpindo cada um dos seus bolos!

Mais um livro lindooo! <3

Duas semanas atrás ganhei de presente mais um livro de sobremesas para minha coleção (que já tá ficando enorme! ebaaaa!!!).

10370747_10203939283786318_1182529981_n

“Natural: Simples, saudável e saboroso”, de Alain Ducasse e Paule Neyrat, na versão “sobremesas” da Editora Senac. As receitas foram executadas por Christophe Saintagne. A idéia do livro foi juntar a criatividade e o amor pelos doces do chef badalado com a orientação de uma nutricionista. O resultado são sobremesas um pouco mais “leves”.

10342725_10203939288106426_1262743215_n

O foco do livro são as frutas, sempre frescas e sazonais, adoçadas de um jeito bem suave, com mel ou agave. Nada muito exagerado ou calórico! O bônus é que o modo de preparo também acaba sendo simples. Ainda não tive a chance de testar uma receita completa, mas foi ele que me inspirou para criar a Tarte Tatin de abacaxi da semana passada (!) Por enquanto, estou curtindo a beleza do livro…

10384981_10203939287186403_368192640_nÉ tudo um charme! Desenhos dos autores aparecem em todas as páginas, “comentando” o doce ou o modo de preparo e o detalhe: ainda um mega fofo encarte com a lista de ingredientes de todas as receitas do livro! <3

10362669_10203939285706366_1621806788_n

Projeto pâtissier: mão na massa!

bolo1

A editora online da Revista Glamour, Paola Deodoro, veio fazer algumas aulas e aprendeu o bê-á-bá da decoração de bolos.

Confira o relato dela:

“Depois de entender a diferença entre as coberturas, as texturas e as aplicações mais indicadas na última aula, coloquei a mão na massa pra valer. E fiquei um bom tempinho acertando o tom ideal do pink para as flores. Escolhi dois modelos – uma mais arredondada, tipo margarida, e uma de pétalas mais pontudas. E olha o truque maravilhoso: usar um boleador – um instrumento pontiagudo com uma esfera na ponta – para “arrebitar” a flor. Assim, basta passar, com bastante amor e delicadeza, o boleador em todas as pétalas da flor, puxando de dentro para fora, até que elas levantem um pouco. Finaliza apertando o centro, levantando ainda mais as pétalas para deixar o bolo com mais movimento.

bolo3

Depois de “esculpir” as flores, a parte que mais me aterrorizava: a temida pasta americana. Sério. Como uma pasta com bastante rigidez consegue contornar um bolo com formato arredondado? Parecia uma empreitada quase impossível. E não é que funciona? É muito importante deixar a pasta na consistência perfeita. Abrir com o rolo em um tamanho maior que o bolo e alisar muito, para que a superfície fique livre de rugas ou acúmulos de massa. Depois, basta enrolar a massa em volta do rolo, posicionar sobre o bolo e abrir com muita calma nessa hora (!). É como se você fosse vestir o bolo, contornando a área com as mãos, para desfazer as pregas.

Descrever assim parece difícil, mas a pasta é mágica! Ela se ajusta superbem nos contornos e a única exigência é que seja realmente aplicada com delicadeza.

Ah, já ia esquecendo! Entre o bolo e a pasta americana é preciso colocar uma camada de glacê real, que funciona como uma cola. Ele também ajuda a fixar as flores sobre o bolo – e ainda faz as vezes do miolinho branco. Os coraçõeszinhos já estavam prontos. Peguei no superarsenal da Otavia – ela tem cada coisa linda que é de emocionar. Eles são feitos de papel de arroz, bonitinhos e comestíveis.”

bolo2

E então, aprovaram o bolo criado pela querida Paola? =D

Ficou com vontade de aprender também? Escreva pra gente lá na página do facebook:

http://www.facebook.com/otaviaboloebrigadeiro

Glacê de Cream Cheese e Baunilha

10259580_10203759898221791_1158259135_n

Depois que eu postei essa foto na página, recebi um monte de e-mails e mensagens pedindo a receita do glacê que usei nos bolinhos. Então, lá vai!

Estes bolinhos foram feitos para decorar a mesa em que apresentei meu bolo de Páscoa (post anterior) feito na TV. Sem dúvida, esta receita é uma das minhas preferidas!!! Sempre dá certo, é pau para toda obra (pode ser usada até como recheio de bolo), dura, não resseca…Enfim, um sucesso!

A receita é fácil, mas ela tem um detalhe: A baunilha. Neste caso, é muito importante usar extrato natural de baunilha. Não dá certo substituir por essência, mesmo. Vai ficar com gosto de manteiga. Eu tenho usado este aqui, da Nomu: Ele é excelente. Por aqui, também é fácil encontrar da Wilton. Se por acaso você não achar nada parecido, um jeito é usar uma fava inteira (raspando as sementinhas) e mais umas gotas de essência. Eu encontrei na BarraDoce suuuuuper fácil: www.barradoce.com.br!

10253293_10203760010264592_479829939_n

Receita

300 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente

300 g de cream cheese em temperatura ambiente

480 g de açúcar impalpável

50 g de pó para glacê real

2 colheres de chá de extrato natural de baunilha

Misture o açúcar impalpável e o pó para glacê real. Bata a manteiga e o cream cheese até ficar cremoso e junte o açúcar com cuidado, aos poucos. Bata até ficar homogêneo, e acrescente a baunilha. Misture bem. Coloque a mistura na geladeira por aproximadamente 30 minutos.

A Fantástica Fábrica de Chocolates de Alain Ducasse

Quando estava escrevendo o último post falei rapidinho sobre chocolate artesanal. Fui pesquisar o assunto e descobri um vídeo lindo que queria dividir com vocês. Quem me mandou foi o Vitor Hugo, que escreve um dos meus blogs preferidos: o Prato Fundo. (http://pratofundo.com)

vht-bowties

O super chef Alain Ducasse é um fenômeno. Além da proeza de comandar três restaurantes, cada um com três estrelas Michelin (Londres, Paris e Mônaco), tem hotéis, escolas, lojas e já escreveu vários livros. Para saber de tudo, vale a pena dar uma olhada no site: http://www.alain-ducasse.com

highest_earning_chefs_alain_ducasse_600x450

Recentemente, ele resolveu investir no mundo do chocolate, e inaugurou em Paris a primeira loja da cidade a realmente fazer o próprio chocolate: “La Manufacture de Chocolat”.É um processo muito artesanal, que requer trabalho de “expert” em cada etapa.

8481584948_2c688f0375

 

No vídeo, uma provinha do que eles podem fazer: http://vimeo.com/87452228!

 

 

Inspirações: Carlos Lischetti

Hoje eu vou falar de um super mega hiper artista que tem um trabalho lindo: O Carlos Lischetti.

460505_310821309006413_842037810_o

Ele é fera em modelagem de bonecos e figuras, e desenvolveu um estilo próprio.

Para saber mais, além de uma página no face (www.facebook.com/Carloslischettisugarart), ele posta sempre seus trabalhos no blog: www.carloslischetti.blogspot.com.

No ano passado, Carlos lançou um livro lindo chamado “Animation in Sugar”. Meu exemplar comprei do site da Squires Kitchen: http://www.squires-shop.com/uk.

1511051_611306155624592_2058333040_n

 

Os projetos são bem explicados, mas na minha opinião, para obter um resultado bacana é legal ter alguma experiência com modelagem. Minha sambista teve o rostinho inspirado em uma das personagens do livro dele, uma corista de cabaret. Olha só:

10152858_10203547798559432_885602735_n

 

 

Enciclopédia do Bolo

A dica hoje é muito rápida: a super Irene Balmanoukian, top diretora de arte/chef/gourmet me mandou um link fantástico que quero dividir com vocês: http://www.foodtimeline.org.

IMG-20140316-WA0000

Este site tem de tudo! Eles traçam uma linha histórica com a origem de muitas delícias. Clicando em cada item, mais detalhes, com ótimas citações de bibliografia (vcs sabem na internet tem de tudo, e as vezes,é mentira…Kkk). A seção “cake” tem milhares de receitas, e a origem dos bolos mais populares.

Baked_cheesecake_with_raspberries_and_blueberries

“Enciclopédia do Bolo”